Melhores países para estudar inglês no exterior

 -  -  402


Para muitas profissões, falar inglês já deixou de ser um diferencial no currículo e se tornou item obrigatório. Saber o idioma também permite viajar mais facilmente, conhecer pessoas novas e ter acesso a muita informação. Por isso, cada vez mais gente tem buscado estudar inglês no exterior.

Mas aonde ir para aprender ou aprimorar o idioma? As opções são muitas, afinal, a língua inglesa é oficial em cerca de 80 países. No entanto, alguns destinos se destacam quando o assunto é estudar inglês no exterior: Estados Unidos, Irlanda, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia e Canadá são escolhas tradicionais dos intercambistas, e países como Malta também têm se tornado queridinhos dos brasileiros.

Para ajuda-lo a decidir o melhor país para seu intercâmbio, vamos falar sobre algumas das vantagens e desvantagens dos destinos mais populares para estudar inglês no exterior. A partir dessas informações, leve em consideração seu perfil, suas prioridades e seu orçamento para definir qual é a opção ideal para você.

Países para estudar inglês no exterior

Irlanda

A Irlanda é uma ótima opção caso você queira viver na Europa e ficar a um voo low cost de distância de vários outros destinos. O país tem custo de vida mais em conta que o Reino Unido e dá aos estudantes o direito de trabalhar legalmente em meio período durante os estudos e em tempo integral nas férias.

Alguns pontos negativos são o clima, que tende a ser mais chuvoso, e a grande quantidade de brasileiros nas principais cidades, especialmente Dublin. Por outro lado, os irlandeses costumam ser hospitaleiros, o interior do país tem paisagens lindas e a burocracia para estudar lá é relativamente simples.

Austrália

Clima ameno, ótima qualidade de vida, belezas naturais deslumbrantes, povo simpático, alta oferta de empregos e a possibilidade de trabalhar legalmente com visto de estudante são algumas das vantagens de um intercâmbio na Austrália.

No lado negativo, podemos mencionar o alto preço das passagens aéreas e a grande diferença de fuso-horário em relação ao Brasil. No entanto, o estilo de vida australiano e a proximidade de interessantes países no Sudeste Asiático também ajudam a compensar esses fatores.

Nova Zelândia

Conhecido pelos esportes radicais e pelos cenários incríveis que serviram de pano de fundo para os filmes da franquia O Senhor dos Anéis, a Nova Zelândia também é um destino interessante por oferecer muito contato com a natureza, mesmo para quem está nas maiores cidades.

Além de oferecer um bom custo-benefício para intercambistas, o país tem vantagens como a burocracia reduzida, a possibilidade de trabalhar com visto de estudante, boa oferta de empregos e possibilidades de obter residência após o período de estudos. Os principais pontos negativos são, assim como na Austrália, relativos à distância do Brasil.

Canadá

Com custos reduzidos em relação a destinos como Estados Unidos e Reino Unido, o Canadá se destaca pela grande diversidade cultural e por oferecer uma ótima combinação entre uma atmosfera urbana e o contato com a natureza.

Ao fazer intercâmbio no Canadá você encontra uma excelente infraestrutura, segurança e qualidade de vida, além da possibilidade de praticar esportes na neve e conhecer lindos parques nacionais.

Se você não gosta de frio, no entanto, é bom levar isso em consideração caso planeje viajar para lá durante o inverno do hemisfério norte, já que em muitas partes do país as temperaturas ficam bem abaixo de zero nessa época.

Estados Unidos

Estudar inglês nos Estados Unidos é estar em contato com os sotaques que estamos mais acostumados a ouvir e as referências culturais que consumimos com mais frequência no dia a dia, devido à forte influência da indústria cultural do país.

Quem tem a terra do Tio Sam como destino para intercâmbio pode escolher entre uma grande diversidade de estilos e climas, já que os Estados Unidos são um país enorme, com regiões muito diferentes entre si.

A vida é bem diferente em San Diego e em Nova Iorque, por exemplo, sendo possível encontrar algo interessante para viajantes de diferentes estilos e personalidades.

Não é permitido trabalhar com visto de estudante de idiomas nos Estados Unidos, mas por outro lado o país oferece uma das maiores variedades de tipos de programas de intercâmbio.

Reino Unido

É claro que o berço do idioma é um excelente destino para quem quer estudar inglês no exterior. O Reino Unido, em especial a Inglaterra, sempre será um dos queridinhos dos intercambistas brasileiros.

Rico em história e com tradições culturais bem preservadas, o país também se destaca pela facilidade de fazer viagens tanto dentro dele quanto para outros destinos da Europa. Além disso, a burocracia é relativamente tranquila, já que brasileiros podem ir estudar inglês lá por até seis meses sem solicitar visto prévio.

Em Londres você também tem a vantagem de conviver com pessoas de diversas culturas, já que a cidade é lar de imigrantes de várias partes do mundo. Por outro lado, os custos de vida por lá estão entre os mais altos do mundo, e dias nublados são comuns.

Se você quiser ficar perto da capital inglesa, mas reduzir custos e curtir uma atmosfera tranquila e descontraída, uma boa opção é fazer intercâmbio em Brighton, por exemplo.

Malta

Se você não quer abrir mão de ir para a Europa, mas prefere um clima mais ameno e custos mais acessíveis, Malta é uma ótima opção para estudar inglês no exterior.

Essa ilha no Mediterrâneo tem despontado como um dos destinos preferidos dos brasileiros por conjugar praias paradisíacas, uma linda arquitetura, vida noturna agitada e valores de acomodação, transporte e alimentação mais em conta do que em outras partes do continente.

Malta é um dos países mais paradisíacos da Europa e a partir de lá você pode facilmente conhecer outros destinos nos arredores. A burocracia para estudar lá é bem reduzida, sendo possível passar até 90 dias como turista e obter extensão da estadia já estando no país. Não é, no entanto, a melhor opção para quem gosta de cidades grandes e cosmopolitas.

E aí, já sabe qual destino escolher para estudar inglês no exterior? Se ainda tiver dúvidas, entre em contato com a equipe da Scool! Você pode solicitar seu orçamento online para qualquer um dos países acima ou falar diretamente com um consultor para encontrar a melhor opção para seu perfil.

 

 

Gostou desta matéria?
Inscreva-se hoje e receba novas matérias diretamente na sua caixa de entrada.
40 recommended
comments icon 2 comments
2 notes
1204 views
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *