Como se adaptar à vida no exterior

 -  -  19


A experiência de morar em outro país é repleta de vantagens, mas nem sempre é fácil. Algumas pessoas têm mais dificuldade para se adaptar à vida no exterior, mas os desafios nos ajudam a amadurecer.

Viajar com a mente aberta provavelmente é a atitude mais importante para se adaptar à vida no exterior, mas algumas outras dicas podem ajudar. Confira:

7 dicas para se adaptar à vida no exterior

1. Prepare-se

A adaptação à vida no exterior começa bem antes do embarque. A forma em que você encara a decisão de morar fora, seja temporária ou permanentemente, vai fazer muita diferença no seu estado de espírito quando estiver em outro país.

Por isso, é interessante já ir se preparando psicologicamente para o choque cultural. Converse com quem já morou no destino aonde você vai, pesquise sobre a cultura local, busque informações específicas sobre a cidade onde vai morar…

E, em vez de ficar pensando nos desafios que vêm pela frente e no que pode dar errado, concentre-se em tudo que você vai aprender morando fora.

2. Observe as pessoas

Chegando no país de destino, é importante ser muito observador. Fique atento aos hábitos dos moradores: como eles interagem entre si e como se comportam nas ruas, lojas e no ambiente de trabalho. Isso ajuda a evitar gafes e ampliar sua compreensão sobre o ambiente em que está inserido.

3. Evite comparações

Sabe aquela história de “manter a mente aberta” que mencionei lá em cima? Para muita gente, um dos maiores desafios para se adaptar à vida no exterior é a dificuldade de se abrir para o novo e deixar de comparar as práticas do lugar com as do Brasil.

Temos uma tendência a criar hierarquia entre costumes, como se tal coisa fosse melhor ou pior aqui ou lá fora. Mas para ser feliz em uma nova cultura, o ideal é tentar encarar as novidades com uma atitude positiva.

Experimente coisas novas em vez de recusá-las apenas por serem diferentes e não julgue os hábitos dos outros só porque são diferentes dos seus.

4. Estude o idioma

Mesmo que esse não tenha sido seu objetivo ao ir morar fora, que você tenha um círculo de amigos brasileiros, que já tenha um conhecimento básico do idioma ou que consiga se comunicar em inglês (no caso de países em que esse não é o idioma oficial), estudar a língua local é muito importante para a adaptação.

Um curso de língua ajuda a entender melhor o que está acontecendo ao seu redor, oferece rotina e estabilidade, fortalece seu sentido de propósito ao estar ali e permite conhecer pessoas e formar um círculo social.

5. Faça amigos

Sim, porque ter um círculo social ajuda muito no processo de adaptação. E além do curso de idiomas ou qualquer que seja o motivo que o levou a viver no exterior, existem outras formas de fazer amigos.

Procure pessoas que tenham alguma afinidade com você, como um hobby ou interesse específico (de trilhas a tricô, o que for!). Entre em contato com outros imigrantes ou intercambistas, que também estão passando pelo processo de adaptação e tendem a ser solidários.

Fazer trabalho voluntário, atividades religiosas, aplicativos e grupos do Facebook também são boas formas de fazer amigos morando fora.

6. Leia jornais

Outra dica muito útil no processo de adaptação à vida no exterior é acompanhar as notícias locais. Além de ser uma forma de praticar o idioma, ajuda a ficar atualizado sobre os últimos acontecimentos, conhecer melhor a cultura e entender o que está ocupando a mente das pessoas com quem você convive.

7. Saia de casa

Ler jornais e sites de notícias também é uma maneira de descobrir eventos, exposições e atividades que vão acontecer nos arredores de onde você mora. E aí vem a última dica, que é bem simples: saia de casa! Ficar enfurnado no apartamento, sozinho ou só com quem viajou com você, não vai ajudar em nada.

Saia, mesmo que sem rumo. Vá explorar, de coração aberto, e busque valor nos detalhes daquele novo ambiente. Quando você se der conta, já estará se sentindo em casa!

E você, tem outras dicas de adaptação à vida de expatriado ou intercambista? Compartilha com a gente!

Gostou desta matéria?
Inscreva-se hoje e receba novas matérias diretamente na sua caixa de entrada.
19 recommended
comments icon 0 comments
0 notes
216 views
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *