Como é fazer intercâmbio em Dubai: a experiência de Victor

 -  -  21


Quer saber como é fazer intercâmbio em Dubai? Victor Haddad está lá há mais de um ano e nos contou como é a experiência de estudar e trabalhar nos Emirados Árabes Unidos.

Conhecida pela arquitetura super moderna e pelos shoppings de luxo, a cidade de Dubai não é um destino de intercâmbio convencional. No entanto, é um lugar muito interessante para quem quer se inserir numa cultura diferente e conviver com pessoas de diversas partes do mundo.

Além disso, os brasileiros podem trabalhar legalmente durante os estudos, e muitos conseguem visto de trabalho para passar mais tempo por lá.

Leia também:
11 coisas para se fazer em Dubai
Intercâmbio em Dubai: tudo que você precisa saber

Ficou curioso sobre a realidade de um intercâmbio em Dubai? Confira nossa entrevista com o gaúcho Victor Haddad, 23 anos, que está por lá desde setembro de 2018:

Como é fazer intercâmbio em Dubai

Por que você escolheu ir para Dubai?

Porque é um país referência em tantos mercados que me fez pensar em tentar algo novo por aqui. Imaginava que teria oportunidades e aprendizagem através de uma nova cultura. Antes de vir já sabia que a população de Dubai era 80% de fora, então aqui se conhece pessoas de todos os lugares do mundo. Sem falar que o inglês é a língua oficial junto com o árabe!

Você foi estudar inglês? Sua ideia desde o início era trabalhar?

Quando cheguei não falava nada de inglês, então minha ideia primeiramente era aprender o idioma. Porém sempre tive a ideia de tentar ficar no país e trabalhar por aqui, porque saberia que seria gratificante viver por mais tempo no país.

Fez quanto tempo de curso?

Eu não estou mais fazendo aulas, mas fiz seis meses de curso. Cheguei a “congelar” o curso por um tempo, por causa do trabalho, e terminei em oito meses.

O que achou da escola de inglês em Dubai?

Estudei na escola E.S. Dubai. Achei muito bom, a estrutura é perfeita e o prédio é bem localizado. As aulas são bem dinâmicas, você tem contato com pessoas de todo o mundo e os professores são bem divertidos e interagem com os alunos, indo em restaurante, festa e passeios! A organização da escola sempre é muito preparada para receber os alunos novos e todos no seus níveis correspondente ao conhecimento de inglês que têm.

Onde trabalha e qual sua função?

Trabalho na unidade local da hamburgueria e bar Black Tap. Minha função no dois primeiros meses era de garçom, depois ganhei uma promoção para ser bartender. Hoje sou o funcionário do mês de outubro e novembro! A carga horária é de 8 horas com uma hora de intervalo.

Qual sua acomodação?

Moro em um apartamento que pertence a um funcionário da mesma escola onde estudei. Ele aluga os quantos e as camas para os alunos e ex alunos, e assim podemos nos sentir mais “família” e confortáveis com quem vivemos.

Como é o clima em Dubai?

É terrível no verão: muito calor e muita umidade, que se sente muito no corpo. Em compensação, o inverno é perfeito, com clima bom pra sair e passear. No verão todos os lugares são climatizados, as pessoas não costumam ficar muito na rua!

E o custo de vida em Dubai?

É alto. Se ganha melhor que no Brasil, mas se gasta mais também. Mas você tem que ser esperto. Quem vem pra trabalhar tem que saber viver em lugares mais baratos e não achar que pode viver nos lugares de turista. As zonas ao redor dos lugares turísticos são muito mais baratas, por exemplo.

Tem muitos brasileiros aí?

Tem bastante, mas não tanto quanto outras nacionalidades. A maioria dos brasileiros que conheci trabalha como atendente de bordo ou piloto. Uma vez por mês tem uma festa com muitos brasileiros. Eu conheço alguns, mas prefiro ficar longe pra não ficar falando português todos os dias.

Como foi sua adaptação à cultura local?

Me adaptei super rápido. Dubai é tem muitas pessoas de tudo que é lugar, então não é tão diferente. Aqui se sente muito bem quanto a segurança e às regras. É um local justo e muito bem organizado. A cultura árabe predomina, mas é uma cultura que vem mudando muito e Dubai já é mais internacional do que árabe. Mulher vai a festa e se diverte tanto ou até mais que os homens, por exemplo.

Como é a vida noturna?

É legal! Tem vários clubes e festas, muitas delas em hotéis. Em uma noite por semana costuma ter promoção de bebidas, ou drinques de graça para mulheres. As músicas são internacionais com algumas brasileiras e a energia e muito boa! Sem briga e sem pessoas caindo bêbadas.

E durante o dia, o que você gosta de fazer aí?

Gosto de ir pra praia e sair com meus amigos para fumar shisha (narguilé). Aqui eles têm essa cultura de fumar o narguilé, e a vibe é super boa, de frente pra marina, pra o mar e pra as torres gigantes iluminadas. Gosto de conhecer lugares novos e diferentes; todo dia tem um lugar novo pra visitar! E ir no deserto com os amigos também é super divertido.

Como é a culinária em Dubai?

Aqui tem culinária árabe e internacional. Você encontra restaurante de tudo que é país. Muita comida boa! Todo dia você pode comer em lugar diferentes. Nos mercados se vende tudo menos bebida alcoólica, e a seção porco está separada. Um mercado conhecido aqui é o Carrefour. Comida não é problema.

Quais são, para você, os principais pontos positivos e negativos de Dubai para um estrangeiro?

Positivos: locar super seguro, limpo e organizado com muitas regras. Negativos: caro e muito calor no verão, mas você se acostuma.

Você recomendaria o intercâmbio em Dubai? Por quê?

Com certeza! Porque é um país com muita diversão, cultura e muitas pessoas de todo o mundo. Todos os amigos que vieram pra passar um tempo aqui se divertiram bastante e com certeza vão levar pra vida toda as história e os acontecimentos em Dubai.

Pretende ficar ainda por quanto tempo?

Pretendo ficar até sentir que posso ir pra outro lugar. Estou feliz e vivendo uma nova cultura, com diferentes pessoas de todos os lugares do mundo. Muito feliz!

Faria algo diferente em relação ao intercâmbio em Dubai?

Não mudaria nada, viveria exatamente o mesmo que vivi, O conselho que daria é que as pessoas têm que vir pensando em aprender e abertas a viver um novo lugar sem medo. Até porque aqui não precisa ter medo, você se adapta fácil e rápido e logo se faz novos amigos e se diverte.

Quer saber ainda mais sobre como é fazer intercâmbio em Dubai? Fale com um dos especialistas da Scool e tire todas as suas dúvidas.

Gostou desta matéria?
Inscreva-se hoje e receba novas matérias diretamente na sua caixa de entrada.
21 recommended
comments icon 0 comments
0 notes
970 views
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *